Fisioterapia – Tratamento Citomegalovírus

Início » Fisioterapia – Tratamento Citomegalovírus

O Citomegalovírus é uma patologia que pouco se manifesta nos primeiros anos de vida do infectado. Sua manifestação também depende do sistema imunológico do paciente. O desenvolvimento dele faz com que o quadro físico, psicológico, entre outros sejam afetados de forma variada.

Não há uma idade específica com maior incidência dessa patologia, entretanto ele se apresenta em qualquer região do mundo. Por ser um herpesvírus, ele é da mesma família da catapora e mononucleose. Seu desenvolvimento ocorre por meio da infecção em outras células. Quando diagnosticado, jamais deixará o paciente.

Sua transmissão é realizada por meio de fluídos corporais de uma pessoa infectada, incluindo sangue, saliva, urina e mama. Seus sintomas mais fracos são dor de garganta, perda de apetite e dores musculares. Para aqueles que forem portadores de HIV, porém, o problema é maior podendo perder a vista, obter pneumonia, sangramento constante, úlceras, entre outros.

Fisioterapia para CMV   
       

Não há cura para CMV. Seu diagnóstico é realizado por meio de teste de sangue, em que são apontados os vírus da doença. Para os casos graves é muito comum que o tratamento seja realizado por meio de antivírus. Já para as situações com danos menores, tendo o comprometimento da área física (além de outras áreas que podem envolver a respiração, entre outros), é muito recomendável que o fisioterapeuta seja procurado.

Esse profissional terá como objetivo fortalecer o tônus muscular do paciente a fim de que ele tenha autonomia para realizar atividades comuns do cotidiano. Pela Central da Fisioterapia, você pode conhecer melhor sobre o tratamento ortopédico. Para saber mais entre em contato com nossos atendentes.

Solicite uma ligação de nosso Atendimento
(inclusive aos fins de semana)