A Fisioterapia para Bexiga Hiperativa

A bexiga hiperativa acontece devido à contração involuntária do músculo da bexiga durante seu enchimento com urina, causando necessidade repentina de ir ao banheiro, às vezes acompanhado de dor. Essa síndrome que, em maioria dos casos afeta a mulher, compromete a qualidade de vida do paciente, implicando em isolamento social, frustrações e ansiedade.

Vários fatores são apontados como causa para bexiga hiperativa. Ocorrendo geralmente, pelo aumento das fibras sensitivas da bexiga e redução do controle inibitório do sistema nervoso central. Em homens pode surgir também pelo aumento da próstata. Nos idosos isso pode ocorrer quando o paciente sofreu de Derrame Cerebral, Parkinson ou Alzheimer. Se não é possível diagnosticar o porquê da síndrome, ela é chamada de Bexiga Hiperativa Idiopática.

Muitas pessoas escondem este problema por medo ou constrangimento, quando o mais indicado é procurar ajuda e receber cuidados para melhorar a qualidade de vida do indivíduo. Além de um profissional para auxiliar em mudanças de hábitos nesse processo de tratamento.

Um destes métodos é a fisioterapia, que tem como objetivo auxiliar na reabilitação do assoalho pélvico através do aumento da força de contração da musculatura da região, e um mecanismo de retroalimentação que leva a bexiga hiperativa a contrair menos. Os resultados do tratamento são variáveis, entre 50% a 90% de melhora. Levando em conta o tempo necessário de tratamento, os aparelhos utilizados e a dedicação do paciente.

A Central da Fisioterapia realiza atendimento a domicílio em diversos pacientes que sofrem de bexiga hiperativa. Solicite atendimento ou se precisar de mais informações sobre Fisioterapia ou sobre a Central da Fisioterapia, entre em contato conosco, será um prazer atendê-lo!