Fisioterapia auxilia pessoas amputadas

Paulo Eduardo Chieffi Aagaard, mais conhecido como Pauê, é surfista profissional para-atleta. Sua condição como bi-amputado é uma demonstração de superação, pois não desistiu de fazer o que gosta. Além disso, a fisioterapia trata pessoas que tenham algum membro amputado em decorrência de acidentes.

Além de primeiro surfista bi-amputado, Pauê é também competidor da modalidade de triathlon, atividade esportiva que envolve três modalidades tais como natação, ciclismo e corrida.

Essa condição de bi-amputado, porém, se deu por conta de um acidente quando ele tinha 18 anos. Em uma linha férrea localizada em São Vicente, litoral paulista, o até então surfista, pois nessa época ele já praticava o esporte, tentou atravessá-la. Nesse instante, ele tinha sido atropelado por um trem que acabou atingindo suas pernas, fazendo com que elas fossem amputadas, posteriormente. Mesmo com o novo estilo de vida, Eduardo não desistiu e continuou praticando o esporte de que gosta. Academicamente, formou-se em Fisioterapia pela Unimonte de Santos, em 2008.

A Fisioterapia para pessoas bi-amputadas se faz necessária, uma vez que a região onde houve a amputação se torna hipersensível. Além disso, o paciente passa por reeducação para levar uma vida saudável e independente.

Central da Fisioterapia para pessoas amputadas

A reeducação funcional de um paciente amputado será realizada através de técnicas fundamentais exercidas pela fisioterapia. Além disso, outras disciplinas da área de saúde complementam o processo de recuperação e adaptação do indivíduo, objetivando  na aceleração no processo de cicatrização e recuperação.

A Central da Fisioterapia realiza tratamentos em domicílio para quem possui algum parente amputado. Nossos atendimentos são realizados em domicílio, sem que o paciente tenha que se descolar até uma clínica, sendo evitadas longas viagens que em algumas situações são desconfortantes. Para saber mais como funcionam nossos serviços entre em contato com nossos atendentes. Será um prazer atendê-lo.