O tratamento de Fisioterapia pode diminuir o tempo de internação dos pacientes nas UTIs

Segundo os estudos dos pesquisadores da faculdade de medicina de Ribeirão Preto (FMRP) e também da Universidade São Paulo (USP), existe uma técnica manual utilizada para agilizar a remoção de secreções respiratórias. Trinta pacientes internados na UTI do Hospital das Clínicas foram observados seguindo os procedimentos dos pesquisadores e todos foram submetidos aos protocolos de controle e intervenção. Os procedimentos foram assistidos pela fisioterapeuta Elaine Gonçalves que posicionou as mãos na parte anterior do tórax do paciente e sobre suas costelas inferiores. Com o resultado das avaliações, os pesquisadores concluíram que existiu um aumento da quantidade de secreção removida apenas com o uso da compressão manual torácica.

O estudo foi publicado na revista Intensive Care Medicine, e pode orientar os próximos passos da implantação do procedimento como uma nova técnica nas UTIs.

Equipe Central da Fisioterapia