Sedentarismo é uma das maiores causas de doenças cardiovasculares

                  Sedentarismo é um risco para doenças cardíacas 

No último sábado (07), foi realizado um Congresso de Cardiologia em Salvador, o mais importante de prevenção cardiovascular até hoje. Os presidentes das maiores sociedades de cardiologia do mundo tiveram a constatação de que o sedentarismo passou a ser um dos maiores fatores de risco para a doença cardiovascular.

A maior causa no Brasil é o grande crescimento da obesidade, e esse vem acompanhado de doenças como as cardíacas degenerativas, diabetes e hipertensão arterial, que estão aumentando cada vez mais. 

Dados do IBGE afirmam que a população brasileira tem um índice preocupante de 80% de sedentarismo, mesmo tendo muitos esportistas e contando as caminhadas para ir ao trabalho e/ou à escola. 

Em países como o Brasil, que está em desenvolvimento, a porcentagem de mortes por maus hábitos de vida como sedentarismo, alimentação errada e falta de atividade física, cresceu consideravelmente.

As mulheres, com vidas agitadas devido às jornadas de trabalho dentro e fora de casa, apareceram na pesquisa como sendo mais sedentárias que os homens.

De acordo com os presidentes que participaram, vários setores da sociedade global pretendem mudar esses números.

Nas outras reuniões do congresso, foi discutida a falta de utilidade dos polivitamínicos e constatado que, uma reeducação alimentar com acompanhamento nutricional e exercícios físicos, sempre serão as melhores maneiras para se manter hábitos saudáveis.

Interessou-se pelo assunto? Leia também: Por que é importante praticar exercícios físicos?

 

Agradecemos pela leitura!

Atenciosamente,

Equipe Central da Fisioterapia