Sacudir o bebê pode causar lesões cerebrais

Um alerta lançado pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal visa deixar os pais atentos sobre os riscos de balançar crianças sem algum tipo de proteção. O problema conhecido como "síndrome do bebê sacudido" pode causar lesões em tecidos cerebrais e deixá-los com sequelas.

É um problema comum entre bebês de até 1 ano e mais frequente entre 5 e 9 meses. A origem pode ser por episódios de violência ou até por brincadeiras, como jogar o bebê para o alto ou fazer a cabeça pender para frente e para trás. Em casos mais graves, os sintomas imediatos incluem vômitos, perda de consciência, sonolência e convulsões. Futuramente, pode causar déficit de aprendizado.

Além das lesões cerebrais, especialistas afirmam que sacudir o bebê pode causar lesões na região cervical da coluna, podendo levar à paralisia. No caso de suspeita, o bebê deve ser levado ao médico e avaliado o mais rápido possível.

O risco existe porque o crânio do bebê tem mais líquido cefalorraquidiano, ou seja, um fluido que fica entre a caixa óssea e o cérebro. Quando sacudido, o cérebro fica flutuando na caixa craniana. Este movimento pode causar o rompimento de vasos sanguíneos, pois são mais frágeis do que os dos adultos.

A Central da Fisioterapia realiza atendimento de fisioterapia para bebês. Solicite atendimento ou se precisar de mais informações sobre Fisioterapia ou sobre a Central da Fisioterapia, entre em contato conosco. Agende uma pré-avaliação via telefone. Será um prazer atendê-lo!