Fisioterapia para os pets

Muitas áreas da medicina estão buscando métodos alternativos e multidisciplinares. Atualmente, a união entre a veterinária e a fisioterapia resultou em tratamentos de acupuntura, quiropraxia e hidroterapia para aliviar as dores ou debilitações da velhice em animais.

A área de fisioterapia veterinária se expandiu muitos nos últimos anos e tem se mostrado eficiente. Vale ressaltar que as técnicas só podem ser empregadas por profissionais qualificados em ambas as áreas.

• Acupuntura: Indicada para animais mais velhos e com problemas de artrose, pois auxilia no tratamento de doenças que afetam a coluna e causam paralisia. O procedimento é realizado pela aplicação de agulhas mais finas do que as utilizadas em pessoas adultas, que causam estímulos no corpo e provocam respostas do organismo.

• Quiropraxia: Aplicada como prevenção de desordens do sistema neuro-músculo-esquelético, é muito eficiente no alívio de tensão e rigidez muscular, no tratamento de lombalgias, dermatites, hérnias de disco, mau crescimento ósseo ou muscular e claudicações. Em animais mais velhos, também ajuda a manter a potência física.

• Hidroterapia: É a modalidade mais empregada na fisioterapia veterinária. Consiste em exercícios realizados na água, que auxiliam no fortalecimento e movimentação adequada dos músculos. É muito indicada para animais com quadros de artrose, problemas na coluna e para tratamentos pós-cirúrgicos em ortopedia.