Exercícios para cardiopatas

Mesmo que a prática regular de atividades físicas seja boa para controlar os níveis de colesterol, triglicérides, diabetes e evitar patologias cardíacas, pessoas que possuem cardiopatia devem ficar em alerta. O regulamento para alguns exercícios deve ser individualizado, pois os tipos de atividades podem prejudicar mais do que fazer bem ao coração.

Pessoas que já sofreram de infarto podem realizar atividades físicas somente depois de 60 dias após a alta hospitalar, porém é fundamental o acompanhamento médico. O recomendado é fazer um ecocardiograma e um teste ergométrico antes de iniciar qualquer exercício físico, com o objetivo de verificar o condicionamento físico e analisar também o funcionamento do coração.

Exercícios fazem parte da boa recuperação, principalmente a caminhada. O aconselhável é realizar pequenas caminhadas diariamente que não levam o coração a bater mais do que 150 por minuto, para não gastar o músculo cardíaco. Andar de bicicleta também é válido.

 Todas as atividades aeróbicas em geral são ideais para a melhoria da saúde, já que a grande vantagem desses exercícios é a elevação da capacidade cardiorrespiratória. A duração e intensidade dos treinos devem ser de acordo com o histórico do paciente e devem ser estabelecidas por um médico especializado.

A musculação pode ser incluída se o indivíduo apresentar boa recuperação, pois assim esses exercícios vão ampliar a força e potência do indivíduo.

Evitar alimentos que podem motivar a obesidade, diabete e colesterol é importante. Consuma frutas, verduras, cereais, legumes e alimentos ricos em fibras (lentilha, aveia, pera, arroz integral, feijão preto, brócolis, quinoa e linhaça, por exemplo). Previna alimentos gordurosos, cigarros e bebidas alcoólicas, além do uso excessivo de sal.

A fisioterapia também pode auxiliar na melhoria do tratamento do o indivíduo portador de cardiopatia, realizando atividades tanto no hospital quanto fora dele, ajudando o paciente nas atividades diárias de alimentação, locomoção e higiene, elaborando uma série de atividades para que o paciente possa recuperar o mais rápido possível a sua qualidade de vida.

A Central da Fisioterapia realiza atendimento domiciliar em pacientes que precisam de um fisioterapeuta, sem que seja necessário deslocar-se até uma clínica, evitando gastos de recursos financeiros e situações desconfortantes. Nossa empresa possui um amplo quadro de profissionais especializados em diversas áreas da fisioterapia para poder realizar, de forma humanizada, o melhor tratamento no conforto de sua casa. 

Para mais informações sobre fisioterapia, sessões de fisioterapia em casa ou sobre a Central da Fisioterapia basta conhecer nossos serviços e agendar a sua consulta através da nossa central de atendimento 24 horas, será um prazer atende-lo.