Dani Piedade, jogadora de handebol do Brasil, sofreu AVC há um ano

A jogadora de 34 anos, Dani Piedade, pivô reserva da seleção brasileira de handebol, sagrou-se campeã ontem (22) e comemorou também a recuperação após um AVC que sofreu em setembro de 2012.

A camisa 5 permaneceu 21 minutos em campo e marcou um dos 22 gols que deram ao Brasil o título mundial inédito em cima da seleção da Sérvia.

A atleta sofreu um AVC enquanto se aquecia para um jogo de seu time, antes da pré-temporada. O acidente vascular cerebral afetou uma pequena área do cérebro da jogadora que permaneceu três dias na UTI.

Dani voltou às quadras cinco meses depois, em fevereiro deste ano, e marcou um dos gols que deu a vitória a sua equipe da Eslovênia sobre uma equipe Russa, pela Liga dos Campeões.

A Central da Fisioterapia tem uma equipe especializada em tratamento de AVC. Solicite atendimento ou se precisar de mais informações sobre Fisioterapia ou sobre a Central da Fisioterapia, entre em contato conosco. Agente uma pré-consulta via telefone. Será um prazer atendê-lo!

Agradecemos pela leitura!

Atenciosamente,

Equipe Central da Fisioterapia