Viva Saúde - Uol

O Mal de Parkinson está sendo abordado na novela de Manoel Carlos, "Em Família", da TV Globo, o ator Paulo José, de 76 anos - que convive com a doença há 20 anos - interpreta Benjamin, personagem que sofre com a doença. O ator realiza sessões de fisioterapia e fonoaudiologia, além de tocar piano e fazer aulas de terapia corporal e tomar remédios para controlar os sintomas da doença.

O paciente que tem Parkinson precisa de tratamentos de fisioterapia para retornar seus movimentos e obter mais independência em suas atividades diárias. Dr. Rodrigo Peres, fisioterapeuta neurológico da Central da Fisioterapia, fala sobre métodos para parkinsonianos, “tratamentos através de medicamentos específicos, fisioterapia e fonoaudiologia, impedem que a doença evolua. O papel da fisioterapia é proporcionar ao paciente uma melhora física, a partir do objetivo de restaurar e manter as funções e incentivar a realização das atividades diárias com mais independência e qualidade de vida.”, conclui.

Pesquisas estão sendo realizadas para descobrir a cura para o Mal de Parkinson, doença que segundo estimativas, atinge cerca de 10 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo cerca de 200 mil brasileiros, é mais comum manifestar em pessoas de 60 anos ou mais, mas o diagnóstico pode ser feito antes. A fisioterapia é fundamental para tratar de parkinsonianos, que através de exercícios, alongamentos, dicas e técnicas de relaxamento, irão proporcionar mais independência na vida do portador da doença. 

O tratamento realizado em casa é importante por trazer ao paciente o convívio com sua família, que trará mais confiança e motivação para a prática dos exercícios propostos pelo fisioterapeuta, que trarão resultados mais rápidos e uma melhor qualidade de vida ao parkinsoniano.  Leia mais sobre fisioterapia para Mal de Parkinson e os tratamentos realizados pela fonoadiologia.

Central da Fisioterapia na Mídia: http://revistavivasaude.uol.com.br/clinica-geral/saiba-como-tratar-o-mal-de-parkinson/2042/

Entre em contato, retornamos em até 1 hora

Procura atendimento domiciliar?
Procura atendimento particular?
Prefiro contato por:

Central de Atendimento

Segunda a Sexta das 08:00 às 20:00 e ao Sábados das 08:00 às 17:00